quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Há quanto tempo é que não lanço aqui uma discussão?

Então bora lá, que isto tem andado pouco animado...

Facto: Ficam a saber que o(a) vosso(a) namorado(a) vos trata pelo mesmo nick que à(ao) ex, vos oferece os mesmos presentes, e os que receberam e odiaram era algo que a(o) ex gostava muito. Tipo, um peluche, mesmo sabendo que odeiam.
E para a discussão ser mais catita vamos misturar aqui um pormenor: o(a) namorada(o) baptiza o peluche com um nome criado de uma junção dos dois (tipo a lucy e o djaló) mas também já tinha feito isso com a(o) ex, a(o) tal que gostava de peluches.

Vá, discutam.

39 comentários:

lady passion disse...

Fiacava às postas!

Pipoca dos Saltos Altos disse...

lady passion,
A(o) namorada(o) ou o peluche? Ahahaha

Rosa Cueca disse...

Dizia-lhe que tanta criatividade junta explicava muita coisa na cama.
Acho que a resposta era chicotada psicológica suficiente.
E obviamente não quereria mais ouvir falar sequer desses nomes.
(E quem ainda oferece peluches...enfim...)

Maria Lisboa disse...

Fazia-lhe logo a guia de marcha e juntava-lhe um manual de procedimentos para a próxima.!

A Minha Essência disse...

Estava logo no ir! Amor-próprio, acima de tudo!!

Ritititz disse...

E como é que nós sabiamos tanta coisa sobre a ex?? Isso preocupa-me...

Ego disse...

quando conseguir parar de rir eu comento a sério. Bolas. Kafka ou Murakami não inventariam melhor :P

Poison disse...

tive um namorado que tinha o mau gosto de chamar "paixão" a todas as namoradas... eu incluída!

Felizmente só descobri isto quando já tinha acabado a relação.
Em compensação, o meu ego ficou vingado quando descobri que a actual namorada o chama, carinhosamente, de "bandido"... Fica-lhe bem o nome!

ahahah

lady passion disse...

Pipoca, os dois! ;)

LURBA disse...

Logo a seguir acordava e percebia que quase vivia um pesadelo!!! ;-DDD
...bendito despertador que tocou no momento certo!!! ;-DDD

Raquel Fernandes disse...

Abordá-lo. Tipo entºao eu sei que bla bla bla. Esperar a resposta. Se perceberes que ainda é apaixonada por ela: Let him go.

Lê isto, pode ajudar:

http://raquelzinhafernandes.blogspot.com/2009/08/sussurros-by-b.html

Jibóia Cega disse...

Mas alguém oferece peluches a alguém???

Anónimo disse...

F@dasse! não me ocorre dizer mais nada...

M.R disse...

No mínimo dava-lhe com o peluche na cabeça (mas ainda alguém dá peluches??) só de pensar fico com calor!!!

http://ocoisassoltas.blogspot.com/

Diana disse...

PELUCHES? A sério?

Joana disse...

Se ele fosse assim, não estaria comigo, de certeza...

Anónimo disse...

Tira o peluche e eu já andei com essa pessoa... Medoooooo

Bluebluesky disse...

Eu parei na parte de oferecer peluches. Oi?

Menino da Mamã disse...

Isso é porque ele não TE vê. Está pré-formatado para fazer assim.

Sugestão: passa a chamar Princess Sophia ao biscoito dele. No filme, como na vida real, resulta mesmo. Pelo menos comigo ;)

Miss Chérie disse...

Oferecia-lhe uns patins. Espero que isto seja tudo criatividade no tema da discussão ;)

Raquel Fernandes disse...

O meu nome é Raquel Fernandes, tenho 27 anos e adoro peluches!! Saí do armário :) Até agora o meu namorado apenas me deu um peluche, um lobo do meu tamanho da Nici no dia dos namorados e eu derreti-me até ao tutano. I'm out, don't blame me.

N disse...

Assim que me oferecesse um peluche, nem precisava de ter oferecido à ex, que eu desfazia-o na hora. A ele. AO peluche não, que talvez desse p trocar e com esse dinheiro comprava outra coisa.

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Raquel, imagina que em vez de um peluche é outra coisa qualquero. Não é o presente o cerne da discussão...

Diana32 disse...

O meu nome é Diana, tenho 32 anos e adoro peluches; alguns peluches.
Talvez vocês não saibam como se pode brincar com um peluche, ou como alguém imaginativo nos põe a brincar com ele.

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Epá Diana32, a questão não é o peluche. Não se pergunta aqui se gostas de peluches. Troca o peluche por um saco de maçãs. Não é a questão ser o peluche ou outra merda qualquer.

Diana32 disse...

A questão é mesmo o peluche. Todas indignadas por lhes oferecerem peluches como se isso fosse crime de lesa-majestade, como se um gajo por oferecer um peluche já fosse um azeiteiro.
Pois eu acho que um gajo desses é um tipo de bonita sensibilidade, viste?

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Pá, não estou a falar do peluche. Tu leste o post, pelo menos? Diz-me uma coisa que não gostes e faz novamente o exercício. Não é dar-te uma coisa, é uma que sabe que não gostas mas que a ex gostava e cenas assim.

S* disse...

Feio e desapropriado. Era coisa para me magoar.

Diana32 disse...

Possa Pipoca, tenho que dizer tudo?
Eu sei, páh, só sou loira mercê da cosmética.
Mas queria ver se elas atacavam por causa do peluche, mas pelos vistos não são nada parvinhas.
:)
( Já agora que estamos com a mão na coisa, quer dizer, no peluche; Que tens tu contra o peluche? )

Simplesmente eu... disse...

Ele e o peluche iam recambiados para a ex ou para o raio que os parta.
Quanto a mim, aumentava a dose diária de prozac durante uns tempos.

Petra disse...

Mandava o gaijo pro ........................c***** Posso dizer maria Pipoca?

salto para a lua disse...

não há discussão possível. o namorado passava logo a ex.

Anónimo disse...

É muito complicado...será esta a única maneira que ele conhece para demonstrar que gosta de alguém ou será um caso de projecção?
O que leva à pior das questões: será que ele gosta da namorada por ela ou pela projecção que faz da ex?

Ninó Emengarda disse...

Olha querida eu acredito em “tough love”, por isso aqui vai (com todo o respeito):
Há algo que ainda o liga à ex, mais própriamente acho que não a esqueceu completamente e sente necessidade de criar um elo de ligacao entre o que ja teve com a pessoa anterior (e que revela sentir alguma falta) com o que tem agora ctg. O que nao significa que nao goste de ti, simplesmente de forma diferente. A pessoa em questao revela uma necessidade de trazer o passado para os dias de hoje para colmatar a saudade.  É a minha sincera interpretacao.
He is into you, but he still into her.

Ninó Emengarda disse...

Olha querida eu acredito em “tough love”, por isso aqui vai (com todo o respeito):
Há algo que ainda o liga à ex, mais própriamente acho que não a esqueceu completamente e sente necessidade de criar um elo de ligacao entre o que ja teve com a pessoa anterior (e que revela sentir alguma falta) com o que tem agora ctg. O que nao significa que nao goste de ti, simplesmente de forma diferente. A pessoa em questao revela uma necessidade de trazer o passado para os dias de hoje para colmatar a saudade.  É a minha sincera interpretacao.
He is into you, but he still into her.

Ana Sá disse...

Dizia-lhe que se quer recordar a ex que volte para ela.

Pólo Norte disse...

Freud explica

(os peluches, as Hellos Kittys e os namorados idiotas)

Diana Teodoro disse...

Morte lenta e dolorosa!

sushi mata disse...

vi coisa parecida num episódio de Traffic Light.

Um deles oferece sempre o mesmo peluche às namoradas, com um nome piroso... Justificou dizendo que
é um romântico lógico, funciona com uma, funciona com todas.