quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Feliz Natal, se isso vos fizer sentido

Depois de ler isto, da Miss Complicações, foi inevitável não me sentir triste. Já tinha passado pela fase da fúria, da mágoa, da indiferença. Chorei, esperneei, conformei-me, desiludi-me. Desiludiram-me. Tinha uma dor e ela cresceu. E não sei o que sentir nem o que dizer. Pela primeira vez em (faz amanhã) 29 anos, estou a dar demasiada importância ao Natal. É que este é o primeiro que vou passar sozinha. Vou passar a noite de Natal sozinha. Custa-me dizer isto em voz alta. Custam-me as reacções das pessoas quando o digo. E custa-me perceber e custa-me ainda mais a perdoar o facto de ir passar o natal sozinha. Passar o Natal sozinha não foi uma opção minha.
Eu, que conheço a Miss, arrisco dizer que sei do que ela está a falar. Acredito que sim, que a campainha vai tocar e que vais ter um NATAL. Tu vais sempre ter um Natal, e isso deixa-me feliz, fico com o coração quentinho. Adoro-te.

14 comentários:

rosaamarela disse...

Minhas queridas, eu nunca passei um Natal sózinha, mas passei os meus 21 anos sozinha, longe da familia e dos amigos, no dia que fiz 35, estava sózinha quando disseram-me que tinha um linfoma... e olhem que afinal não é assim tão mau, sózinhas estamos "sempre"...

Assim que BOAS FESTAS para as duas, e acreditem que o "NATAL É TODOS OS DIAS", está dentro de nós, um grande abraço.

Vanita disse...

Há sempre alguém que pensa em nós, sempre. Procura esse alguém e não estarás só. Tudo de bom :)

Rosa Cueca disse...

Ninguém devia passar o Natal sozinho, mas, mais importante, ninguém devia sentir-se sozinho no Natal.
E tens muitas pessoas que gostam de ti e que pensam em ti. A Miss é uma delas, eu também.
A porta está sempre aberta aos amigos :) *

B. disse...

BeijinhO

Isa disse...

Acredito que até muitas pessoas que adorariam passar o Natal consigo.
Até eu, que apenas a conheço do que escreve estou certa que quem passar o Natal consigo beneficiará de uma excelente companhia.

E olhe, tem à disposição uma família de 3 pessoas (poucas mas boas) com um ar lavadinho e alguns doces na mesa. :-)

Tudo de bom, no Natal e Sempre!!!
Isa

Ana disse...

(espero que entendas) há lugar no bar para onde eu vou.

Ana disse...

o convite mantém-se:) e sempre há a opção de passares o natal em alguma festa comunitária.
beijinhos

MC disse...

Mais triste que saber que o Pai Natal não existe é chegar a adulto para perceber qual verdadeiro sentido do Natal.
Deixa lá vai passar. O importante é não perder a fé e a esperança de um dia construirmos o nosso próprio Natal

(és muito estúpida. Eu não sou gaja de lágrimas fáceis e tu tinhas de as arrancar...)

Maria Pitufa disse...

Olá. Olha eu já leio atentamente o teu blog há já um tempo. Não te conheço de parte nenhuma, mas para mim o Natal é familia e amigos, e se algum dia leste o meu blog, senão leste também não é dramático, aqui a Maria Pitufa é beirã dos quatro costados... E na minha zona podes estar sozinha mas há sempre um vizinho um primo que te chama para o Natal. Ainda que não te conheça de parte nenhuma, tenho a certeza que na minha familia te recebem de portas abertas. O máximo que te pode acontecer é dormires no chão!! ( Pequeno reparo, eu não levo todos para minha casa, apenas aqueles que me parecem minimamente educados, que não se incompatibilizem logo com a minha mãe, nós recebemos bem mas somos um bocado brutos e se nos zangarmos a coisa pode não correr bem. Sendo certo que todos aqueles que possam pensar que entram em minha casa para furtar o que quer que seja esqueçam...a minha cadela não dá hipotese e o unico momento de solidão é mesmo na casa de banho e por sinal o mais valioso dentro daquela casa somos nós, pelo que não furtaveis)

Maria Pitufa disse...

Olá. Olha eu já leio atentamente o teu blog há já um tempo. Não te conheço de parte nenhuma, mas para mim o Natal é familia e amigos, e se algum dia leste o meu blog, senão leste também não é dramático, aqui a Maria Pitufa é beirã dos quatro costados... E na minha zona podes estar sozinha mas há sempre um vizinho um primo que te chama para o Natal. Ainda que não te conheça de parte nenhuma, tenho a certeza que na minha familia te recebem de portas abertas. O máximo que te pode acontecer é dormires no chão!! ( Pequeno reparo, eu não levo todos para minha casa, apenas aqueles que me parecem minimamente educados, que não se incompatibilizem logo com a minha mãe, nós recebemos bem mas somos um bocado brutos e se nos zangarmos a coisa pode não correr bem. Sendo certo que todos aqueles que possam pensar que entram em minha casa para furtar o que quer que seja esqueçam...a minha cadela não dá hipotese e o unico momento de solidão é mesmo na casa de banho e por sinal o mais valioso dentro daquela casa somos nós, pelo que não furtaveis)

Sininho disse...

Querida tem no Norte uma casa cheia de gente bem disposta prontinhos para a acolher haja vontade de vir!

Petra disse...

Já o disse e volto a dizer-te! Tens uma casa em Trás-os-montes cheia de gente e 4 pestes "os meus sobrinhos" muito calor da lareira, e comida até mais não! Vem comigo que só vou para lá amanhã! grande beijo

Alexandre disse...

Há pessoas mesmo fantásticas pelo que vejo aqui nos comentários ;)

Seja com quem for, o que interessa é que passes o Natal com pessoas de quem gostas.
De certeza que há gente que te adora e que quer estar contigo.

Força!

Manuel disse...

Não é agradável, mas se se for a analisar, o Natal são só dois dias (contando com o 24 e o 25). Desde que tenhas tido companhia nos restantes dias, tens saldo positivo.

Cada vez ligo menos ao Natal. Acho que é a festa da hipocrisia.