segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Eu tenho amigos brilhantes, e parvos mas brilhantes. A sério.

 Luana Piovani "esbardalhou-se" ao comprido na sua revolta contra o resultado das eleições.
Um amigo meu respondeu-lhe: "Querida Luana. Como português inteiro, que é ser mistura de mil sangues feita universalidade, que foi correr mundo de mente aberta como hoje tantos ainda não têm (e não estou a dizer que sejas disso exemplo), tenho a dizer-te, em primeiro lugar, que és uma mulher bonita, pá! E, como é só isso que tenho a dizer, não estou a dizer que, por exemplo, a tua bisavó foi tão explorada pelos italianos que tu ainda hoje te chamas Piovani. Estou só a dizer que se o Brasil tivesse sido espanhol... tu eras Argentina!". 

7 comentários:

Margarida disse...

Tão bom! Há gente que só nasceu para ler os textos dos outros ou então para aparecer de boca calada!

Pipoca Arrumadinha disse...

Bem respondido!

Anita disse...

A aplaudir o amigo brilhante de pé!
Que classe :)

A vaquinha roxa E eu disse...

Gostei ;)

Bunyssa* disse...

Genial!!! :)

Sónia RM disse...

Muito bom :)

Anónimo disse...

great