segunda-feira, 27 de outubro de 2008

AMIZADE


Apesar de nem sempre estarmos juntos e de estarmos semanas sem telefonar. Apesar dos vossos atrasos (sim Peter é contigo) e apesar das nossas diferenças, vocês, os meus três estarolas, estão sempre TÃO PERTO.
Mesmo quando passamos horas a gracejar e a mal-dizer, mesmo quando apenas nos acompanhamos nos copos e nas músicas manhosas que acabamos por, inevitavelmente, dançar sei que posso contar com vocês. Obrigada. Conheço-vos desde que me conheço e não seria EU sem vocês.
Basta um olhar, ou mesmo uma cotovelada (né tanocas, tenho os braços negros desde sábado), para sabermos exactamente o que rasga a nossa mente nos mesmos segundos.
Isto é o que vulgarmente chamamos de amizade, mas que nos faz perceber como é que num mundo de cinismo e "vidas de merda" nos aguentamos cá em cima e de sorriso nos lábios.
Bigada amiguinhos

3 comentários:

Lu.a disse...

:))
Identifiquei-me tanto com este teu texto!
O melhor do mundo é mesmo a amizade!:)

Lu.a disse...

P.S. Ah,é verdade, vou-te adicionar nos meus links para não te perder o rasto... :)

Pipoca disse...

Obrigada lu.a, e é mesmo quando precisamos que percebemos que eles estão lá.