quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Devaneio

Dá-me beijos demorados, molhados
Como os mares de mil universos
Dá-me versos que façam corar os mais audazes
Que o fogo se acenda e não se apague
Das conquistas mais difíceis tirarei o meu melhor
Tu és o vício que me agarra
Mais e mais...

1 comentário:

vandoxa disse...

A menina quer fogo?! Olhe que eu tenho um amigo que é bombeiro... pode dar jeito!!!
(desculpa a palhaçada, mas antes isso do que mais uma lamechas)