terça-feira, 30 de dezembro de 2008

O que mudou em 2008? Ena...

No final de 2007 um amigo, daqueles do peito, disse-me que 2008 ia ser para mim o ano de todas as mudanças. Disparate, respondi-lhe. Nada de extraordinário tem mudado na minha vida nestes últimos anos. Agora, com 2008 a cair para o baú das recordações, vejo como estava enganada. Foi mesmo o ano de todas as mudanças. Não foi um ano em cheio, não foi dos mais felizes, mas sim, foi um ano cheio de mudanças "extraordinárias". Vejamos:
- Voltei a fumar - um disparate, mas que nos últimos meses tem sido um escape perfeito. Um cigarro solitário é sempre pensativo. Ai é pois!
- Mudei de emprego duas vezes - Não, não sou má funcionária. A primeira vez, em Fevereiro, a mudança serviu para concretizar um sonho, a segunda apenas para fazer um upgrade ao ordenado. Chamem-me vendida!
- Acabei uma relação amorosa que durava há anos a mais - e que só me fazia mal. Que durava apenas por teimosia, não me queria dar por derrotada. Na batalha, que teve direito a "sangue suor e lágrimas", perdi o orgulho, a amor próprio, perdi a esperança de voltar a acreditar na treta do Amor, perdi uma casa, um carro, perdi amigos (que afinal não o eram), perdi-me. Mas agora estou de volta ao bom caminho...ser feliz mesmo que sozinha.
- Mudei de casa - consequência da mudança acima.
- Voltei a achar-me graça reflectida no espelho - Quando me comecei a descolar do chão frio da separação, o amor próprio que comecei a recuperar, fez-me perceber que afinal sou uma ragazza razoavelmente sexy. Afinal gosto dos meus cabelos lisos loiros. Afinal gosto dos meus olhos verdes, ainda que continue a achar que tenho pestanas pequenas. Afinal tenho um sorriso giro sim senhor e lábios que não precisam que ser corrigidos na mesa de operações do Dr. Ângelo Rebelo. Afinal não sou assim tão magra e nem tão alta. Gosto da imagem reflectida no espelho, gosto sim. Chamem-me presunçosa.
- Descobri que ainda há homens com sentido de humor - não imaginam as coisas que tenho ouvido... estive "fora do mercado" tempo a mais e antes não me dava ao trabalho de ouvir a seguir à primeira frase dita por um estranho, a horas pouco recomendáveis, e cortava logo a hipótese de me rir. As gargalhadas que eu podia ter dado...
- Afinal gosto de vinho tinto - Mãe, tinhas razão, é bom sim. Bom não, divinal. Então com a música de fundo certa e um cigarro. Hum....
- Afinal sou romântica? - Quem diria, eu?! Descobri que sou uma lamechas quando uma querida amiga me contou que está noiva. "Ele ajoelhou-se e disse: 'Queres casar comigo, ou não?'" A frase do pedido pode não ter sido a mais brilhante, mas estes dois têm das historias mais bonitas que conheço. Fiquei com as lágrimas nos olhos, contando que ela me deu a notícia pelo gtalk, só posso ser uma pindérica romântica. Adoro-vos e vocês fazem todo o sentido juntos. Não sou uma desiludida ao ponto de achar que todos os fins serão trágicos ou lacrimosos.
- Confirmei quem são os meus verdadeiros amigos - esta foi fácil... os mesmos de sempre. Aqueles que me conhecem desde que me conheço e ao rol, num ano, apenas juntei mais um, uma nesta caso. Barbie, obrigada por teres passado estes últimos meses a limpares-me as lágrimas, a provocares-me o riso fácil e a fazeres-me engordar à pala dos chocolates quentes tardios. Tão bom...
- Criei este blog - digam de vossa justiça!!!
- Tive a confirmação de que todos, todos, temos um segredo guardado, inconfessável - ...o meu não digo qual é...
Contas feitas, emoções vividas, mudanças feitas, 2008 podia ter sido um ano bem melhor. Mas, mesmo que me custe a admitir isto ao meu amigo, foi mesmo o ano de todas as mudanças.



Descanse em paz, o velho 2008.

7 comentários:

Anónimo disse...

Loira, estou de acordo com o "Denis" e tenho um feeling de que 2009 vai trazer tudo de bom!! Bola para fente que atrás vem gente!!!! Bjinho grandeeeeeeeeee!

Cai de Costas disse...

:-)

Anónimo disse...

Pois é, há sempre aquelas pessoas que têm a sua "bola de cristal" e que até sabem as coisas :D Não sei quem terá sido esse seu amigo do peito mas creio que de fantástico tem tudo, e mais, que tem de lhe mais ouvidos com mais frequência! Minha querida, tenha cuidado com esse moço porque com esse jeito para adivinhar tão bem as coisas ainda lhe arranja bom marido! Apenas lhe tenho a desejar que as melhores coisas de 2008 sejam as piores de 2009, e continuem com essa amizade juntamente com outros que a vós se juntam! Um bem haja do anonimously yours, "Friend"!

Anónimo disse...

Olha lá mas quem foi o gajo que andou a meter-te essas coisas na cabeça???? Hein??? O gajo bate bem? Don't think so! De qualquer forma já sabes que eu cá estarei durante mais uma ano pa nos atormentarmos um ao outro hehe Beijo

Maria Poppins disse...

Agora percebo a mudança de que falavas!!

Viajantis disse...

...i see!
pois para mim foi o 2006....e tambem o 2007.....e e e e o 2008 tambem..
E o 2009 promete!
Tem sido uma loucura!
eheheh
Compreendo-te.

Eduardo disse...

Só pode...até gosta de vinho tinto.Só uma grande mulher...escreve assim e tem uma cereja destas como acabamento.