terça-feira, 17 de novembro de 2009

As frases dos meus amigos são tão hilariantes como os homens com quem me tentam casar

Eu sei que não há príncipes encantados. Há um, caçou-o a puta da Cinderela e não me parece que sofram de crise matrimonial.
Sem namorado por opcção e feliz da vida por estar a viver para o meu próprio umbigo, volta e meia dou-me à graça de sair num date. Assim que chego a casa tenho a minha querida flatmate a perguntar: "Então? Como correu?". Também o resto dos amigos vão tentando, de uma maneira ou de outra, fazerem-me arranjinhos, apresentarem-me pessoas. Acho que o fazem porque nunca me viram sem namorado. Sempre que uma relação chegou ao fim comecei logo outra. Por um ou outro motivo, por coincidência, nunca tive o rótulo de "solteira" mais que um par de meses. Já estou cansada de lhes explicar que estou bem assim, que gosto da minha vida assim, que adoro o facto de não dever explicações a ninguém. De poder sair e beijar um homem qualquer e na noite seguinte beijar um diferente, com uma quantas vodkas em cima. Que acho graça a deixar um gajo qualquer dizer trezentas baboseiras na esperança de me levar para casa e no fim arrasá-lo numa só frase. Mas eles insistem.
O meu pai, que nunca se meteu na minha vida, um destes dias também decidiu juntar-se ao clã - Não queremos a Pipoca solteira. "Arranja lá um namorado, pah. E diverte-te. Tu nunca vais ser tão jovem e tão bonita como és hoje".
Tenho tido alguns encontros, mas acabo por usá-los mais para elaborar e dar consistência à minha teoria de que O MUNDO ESTÁ CHEIO DE CHANFRADOS e de que os homens se dividem em apenas 4 categorias (matéria para um futuro post), que para realmente conhecer alguém por quem me interesse. Eu deslumbrar-me por um homem é daqueles cenários que não se encontram muitas vezes. Não sou fácil de deslumbrar. É que mesmo quando acho uma certa graça a alguém não ando por aí a pensar muito nisso. Não gasto muita energia. Não fico a olhar para o telemóvel. Não me derreto pelos cantos. Não tenho muita paciência. E esforçar-me? Nem pensar. Sou adepta do lema: "Se dá muito trabalho é porque não vale a pena". Entretanto os meus amigos usam frases maravilhosas para me tentarem demover do meu estado single but fabulous. É que eu não sou sequer "encalhada" isso são as pessoas que têm namorados e maridos. Pelo contrário, sou uma mulher cheia de novas possibilidades. E as frases são:

"Ah é feinho mas no fundo é boa pessoa". "Ohh, ele exagera nos elogios porque te quer agradar". "Não percebo, parece o homem perfeito, devias dar-lhe mais uma hipótese". "Ele até usa bons ténis e veste-se bem". "Mas não é o que todas as mulheres querem? Um Homem romântico?". "Lá estás tu a fugir!". "Devias deixar alguém aproximar-se um bocadinho mais antes de dares corda aos sapatos". "Tão querido, como é que o criticas por isso?". "Outra vez a inventar desculpas para não ires a um segundo encontro?"

Um destes dias conto-vos algumas das peripécias dos meus dates para vocês perceberem do que fujo. É "cada tiro cada melro" e para aturar gente doida e desesperada mais vale ficar quietinha. Melhor, vou contar os meus piores dates e vocês contam-me os vossos. Bale? Vamos inaugurar aqui uma rúbrica, parece-vos bem?

28 comentários:

Gata Escaldada disse...

Vamos a isso!!

Segredo Cor de Rosa disse...

sim sim sim.
eu quero falar nessa rubrica tambem...
ou melhor, escrever!
é com cada um. medo medo
beijo grande

Diana disse...

parece-me muito bem!! =)

Su disse...

eheheh boa! Também tenho umas muito boas para contar lool

S* disse...

Também sou esquisita... pouco me agrada. E quando me agrada, sou eu que não agrado. Nice.

Garrafa na Praia disse...

Sou uma leitora silenciosa, mas desta vez resolvi quebrar o silencio: acho adorável a tua ideia!! Vamos lá contar os nossos piores dates!

Danisita disse...

adorei o teu post... ri-me imenso :)
bjs

Matilde disse...

parece me bem ;)

também faço minhas as tuas palavras, estou sozinha neste momento por opção, depois de ter estato 7 anos consecutivos a namorar, sem ficar mais de meses sozinha.
Não gosto que os meus amigos tentem fazer arranjinhos, coisa que já o fizeram...depois o dito rapaz fica c espectativas (criadas pelos amiguinhos que so querem ajudar) e dps eu é que me sinto a má da fita por não corresponder...párem com isso por favooor!!
se tivermos de ficar encantadas c algum homem nao é por alguem nos dizer que ele é querido, ou ate é romantico, um bom partido, etc etc etc...ficamos porque sim, sem alguma explicacao e pronto!

Rosa Cueca disse...

Oh cariño, de maus dates eu escrevia um livrinho de bolso. Ou não tivéssemos tantos "eu nunca" em comum! lol 'cá beijoca.

Saltos Altos Vermelhos disse...

o que eu já me ri contigo pipoca!!! realmente o pessoal não consegue ver uma rapariga solteira! a mn irmã sofre do mesmo lol

Joaninha disse...

"single but fabulous" -AMEI :) e estou completamente ctg!!!
Manda vir dai a rubrica :)
beijinhos

katie. disse...

hahahaa estou contigo Pipoca! Nunca pensei e também estou a adorar a fase do single but fabulous, o não dever explicações e poder andar aqui e ali a fazer o que me apetece... (e girosss que os barmans são na disco da margem sul!!)
E fico à espera do post revelação sobre os encontros, venha a troca de ideias, venha...!
beijinhos

continuando assim... disse...

boa!!

maas tu vê lá no que te metes... não te cases !! llol

bj
teresa

Deb disse...

Fazes bem não ter pressa. Essa coisa de saltar compulsivamente de relação em relação só para dizer ao mundo que se tem namorado é coisa de mulher insegura. Vai curtindo a vida e quando aparecer um "tal" (há sempre muitos "tais", não há apenas um) vão-te tocar as campaínhas todas, you'll see.

Carrie disse...

Uma pessoa não pode chegar a uma certa idade sem namorado que o pessoal stressa logo...
Também te digo, esse pessoal de certeza nunca encontrou as pérolas que tu e eu já encontrámos!
Uma vez prometeram-me um tipo parecido com o Ben Affleck.
Ele até q tinha uma pequena parecença.. mas qd eu o vejo de corsários e t-shirt cor de rosa com asinhas, com uma voltinha no pescoço e kizomba no carro... já para não falar dos tiques! Segundo as minhas amigas eu estava a ser esquisita... LOL

Kiss kiss

Poetic GIRL - BELA disse...

parece me uma excelente ideia, tenho umas quantas histórias para contar.. lol bjs

eu... disse...

Realmente os amigos são todos iguais...

Solteira de Salto Alto disse...

Tu queres é curtir a vida e acho mto bem.

E venha a rubrica

Luís disse...

Não há aqui mais nenhum tipo a comentar isto? Eu assumo o risco :p

Nesses dates e tudo quanto seja assumir que há intenção de se expor a outra pessoa, a pressão é tão grande que desencoraja. Por isso parecem todos malucos (e na minha opinião quem vai para o engate com desconhecidos é mesmo). Se calhar vêem-se em frente a uma rapariga mais bonita que o esperado e querem mesmo agradar tanto que se esquecem de regras sociais básicas lol

Por outro lado, largar as pessoas da mão é fácil. O que dirias se te aparecesse um tipo para jantar e dissesse qualquer coisa: "olha eu só vim cá para fazer a vontade ao Paulo e à Paula, porque claramente acham que viemos para este mundo aos pares. Não leves a mal, mas não te vou fazer perder mais tempo. Tá aí uma de 20, come o que te apetecer. Qualquer coisa estou ali no Irish". Não ficavas nem um bocadinho lixada?

PS: e não vale responder: sim! só 20? :p

Vanessa. disse...

Parece-me bem sim senhor :) Bamos a isso!

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Bem, ideia aprovada em comité, vamos lá a isso.

pfa disse...

Bem numa primeira nota. Tenho cá a minhas dúvidas que o Príncipe encantado e a Cinderela não estejam já divorciados. Cá para mim a Cinderela levou-lhe metade da fortuna e está em cuba a dançar salsa e a beber mojitos.
Em relação á rubrica devia de estar aberto também aos homens. Eu também tenho algumas histórias para contar...
Eu também estou solteiro já à mais de um ano, e realmente não se está mal. Mas continua sempre a não haver nada como a ligação com outras pessoas.
É claro que esta ligação não tem de ser amorosa, nem muito menos de ser rotulada.
A mim não me arranjam saídas, mas levo com as frases feitas todas inclusive com as dicas indirectas da senhora minha mãe que "não me gosta de ver sozinho".
Acho que as pessoas se precipitam em relações devido a esta pressão e à mentalidade da escassez, estilo "ai meu Deus que eu tenho de apanhar esta senão vou ficar sozinho para o resto da vida". Isso associado ao comodismo, pelos mesmos motivos de insegurança e de necessidade de validação, são os principais motivos da maioria das relações não ter qualidade e de os "amores para a vida" serem raros.
Temos de ser selectivos, criar ligações com as pessoas sem esperar nada em troca, nem elogios nem carinhos nem sexo nada. Temos de nos dar a elas criar um momento uma ligação, só por ela. E depois o que vier virá se houver ligação química e aí as coisas surgem sem esforço, sem trabalho.
A mentalidade contrária á escassez é bem melhor, conhecer pessoas, viver, ser o mais sociável possível. A chave é estarmos bem connosco, e levar o que temos a dar aos outros, e não procurar nos outros o que nos falta. Eu quero uma mulher não para me sentir completo, ou para que ela me trate bem e me dê sexo para ser feliz.
Não! Eu sou feliz, gosto de mim da minha vida e das minhas paixões. Quero uma mulher para lhe levar estas paixões, para partilhar um momento da vida, para criar uma ligação emocional e/ou física, e que seja alguém compatível comigo. O problema é que muitas vezes estamos longe deste mindset, tanto homens como mulheres.
Não pensamos que há tantas pessoas por aí. E desatamos no desespero da escassez, a elogiar a torto e a direito, a criar personagens, a atrapalharmo-nos em nervosismos trapalhões. E isso faz de nós cromos!
Quando simplesmente nos divertimos somos nós próprios e estamos bem com isso, então ai começamos a ser selectivos, e quando surgir alguém de qualidade...

Por isso continua a sair, e a crescer.

Beijo

Pipoca dos Saltos Altos disse...

@pfa,

Claro que a rúbrica estará aberta a homens, as mulheres vão agradecer! Beijos

Rapunzel disse...

O q eu já me ri e revi com (n)este post... :)

gimbras.nofuturo.com disse...

:) Hihihi. Sempre ouvi dizer que os que não querem casar... são os primeiros.

nuno disse...

só 4 categorias ?? e ainda refilas?? e nós que temos de enfrentar uma categoria diferente para cada mulher ? é que são todas únicas e com particulariedades únicas!
mas leva o teu tempo, eu sei que é assim.
e temos de ser exigentes mesmo! afinal merecemos o melhor para nós !

p.s. e puto ( não soa tão bem no masculino ) e sacana é o príncipe , que caçou a cinderela !!!

Claudia disse...

Opá, o início do teu post foi a melhor frase que ouvi nos últimos anos! Desmanchei-me a rir.
Puta da Cinderela mesmo!!
Estou contigo! Ahahah

Shallow Girl disse...

Uma vez tive um date tão mau, tão mau. Que para não ter de o ouvir mais fui para a casa de banho do restaurante só fazer tempo. Já não podia ouvir aquelas conversas...