quinta-feira, 4 de agosto de 2011

É tipo Planeta dos Macacos dos tempos modernos

Ontem vi o Avatar. Continuo sem perceber a euforia.

14 comentários:

Marlucinha disse...

tal qual... eta coisinha sem piada...

Maria Alves disse...

O Avatar invoca o mito de Pandora, a ética profissional, e a ética perante os nossos semelhantes. Com uma visão mais alargada consegue perceber com certeza de que se trata de um filme que nos pode dar imensa sabedoria.

Saltos Altos Vermelhos disse...

só agora?? :D Bem, a mim está em empatado com a opinião do Harry Potter :D (crucifiquem-me lol)

EU SOU EU disse...

Infelizmente para ti...viste!!! Realmente a única coisa boa é os efeitos especiais..a nível de "história" perdestes cerca de 2h30min da tua vida...não fui ver ao cinemajá vi em casa..sentadinho confortável no sofá...e fiz uma promessa..nunca mais ver outra vez...

Sara disse...

Acho que se visse em casa também não ia achar piada nenhuma, é giro é ver em 3D :b

Mak, o Mau disse...

Apesar da paixão assolapada que o Cameron tem por tudo o que é maquinaria e cibernético (veja-se inclusive que os habitantes de Pandora têm entrada USB), o todo do filme em termos da junção da técnica, estética e história, está bem conseguido, com a clara vantagem do 3D em cinema.

Agora, independentemente do que se interpreta e retira de lá, não me pareceu que fosse tocante ao ponto de levar gente ao suicídio por saberem que, na realidade, é impossível viver num planeta utópico como aquele. E isto aconteceu...

Marina Ribeiro disse...

A euforia está em... poder fazer parte de outro mundo, quando... estamos canasdos do nosso.

Sexo c/ Amor? disse...

Eu ainda não vi... acho que nem verei, nem sei. Tenho mil outros filmes na lista e este está depois de Transformers 3 ou 4?

beijo

Ana disse...

Ai não tem nada a ver com o planeta dos macacos... :-/

aqui mesmo disse...

Oh, não é assim tão mau

Plim disse...

Como te percebo. Fui quase que obrigada a ir ver o filme ao cinema, em 3D, opa saí de lá sem entusiasmo quase nenhum. Tem uma certa parte romantica, salva a coisa.

r. disse...

Das vezes que tentei ver o filme, adormeci. Vê lá o quão interessante é esse filme para mim.

a licenciada desempregada disse...

Também vi há uns meses em casa. E, realmente não percebi tamanha euforia em redor do filme.

Sofia disse...

Recuso-me a ver e ninguém me compreende... quando vi o trailer pensei "que coisa mais parva" e depois toda a gente viu e adorou, mas eu não deixei de achar parvo só pq toda a gente gosta... agora é uma questão de princípio! :P