terça-feira, 27 de novembro de 2012

Assaltaram-me o coração...

...e levaram-me uma das pessoas mais importantes da minha vida. E nada do que me têm dito nestes últimos dias me tem dado consolo. Estou triste, inevitavelmente triste. E falhei-te avó, não tive tempo de realizar alguns dos sonhos que te faltavam cumprir e que dependiam de mim. Não tive tempo. Tu não tiveste tempo de esperar pelo meu tempo. E é sempre este o nosso problema: achamos que temos tempo e usamos essa desculpa para não vermos o facto: a vida é curta. Somos uns egoístas ao acharmos que teremos sempre tempo.

25 comentários:

Neuza Mariano disse...

Os meus sentimentos :(

Diana Teodoro disse...

Lamento muito!:( Todos nós achamos que temos muito tempo para estar com aqueles de quem gostamos, mas nem sempre é o caso. Obrigada pelo teu testemunho. Pode ser que inspire outras pessoas a ter mais tempo para o que é essecial.A mim inspirou.
Um beijinho,
Diana

• w disse...

Lamento muito querida :x Sei muito bem o que isso é, infelizmente.
Um beijinho *

Pedro disse...

Um beijinho grande e força

Anita Garcia disse...

Sinto muito :(
Mas não te sintas assim... decerto que ela reviveu tudo o que tiveram juntas e não pensou no que não fizeram. Isso são os pensamentos de quem cá fica a sentir-lhes a falta.
Beijinho e muita força ♥

OutraMaria disse...

os meus pesames e força. So nestas situaçoes damos conta que a vida passa depressa demais. beijinho

Isa disse...

Lamento muito a tua perda e como te compreendo. Também perdi o meu avô fez no domingo oito dias. Faz hoje uma semana estava no seu enterro e ainda sinto um peso tão grande no peito.
Beijinhos e força

S* disse...

Tem força querida...

Bunyssa* disse...

Os meus sentimentos querida...
E muiiiita força!

Scarlet_Perry disse...

Que fotografia tão linda,tão sentida. Lamento a tua perda!Quem perde uma avó perde toda a pureza!

x disse...

:(

Scarlet Red disse...

Já te inscreveste como participante na árvore de natal da blogosfera? Só tens até dia 30! :)
http://arvore-natal-blogosfera.blogspot.pt/

GuessWho disse...

:( e quando achamos que o tempo ajuda a passar a dor, descobrimos que as saudades são imensas e não têm fim. Força.

So_risoIncógnito disse...

Lamento a tua perda. Força neste momento!

BB disse...

os meus sentimentos :( infelizmente faz dia 2, 3 meses que o meu avô partiu e sei o que estás a sentir! o teu post fez me chorar, ainda para mais porque hoje sonhei com ele! apesar dele estar em estado quase vegetal há dois anos e pouco, mas estava ali.. mas agora tens de ter muita força e pensar que onde ela estiver está contigo e orgulhosa de ti! :) beijinho*

Este Blogue precisa de um nome disse...

Oh querida prima... um beijinho muito grande. Fiquei de lágrimas nos olhos ao ler este post. Andamos a correr para quê? :(

Saltos Altos Vermelhos disse...

Ohh Pipoca! Quando li isto disse "Dasseeee" :( fiquei mesmo triste...os meus sentimentos.
Por vezes dou por mim a pensar nesta "nossa falta de tempo" e a chegar a essa conclusão.
Um beijinho enorme e um abraço apertado.

Karina sem acento disse...

Lamento muito, eu bem sei o que custa perder um avó.. Beijinhos e muita força*

Anónimo disse...

Hoje fartei-me de chorar também por alguém que morreu o ano passado e a quem sinto que falhei. Porque devia ter percebido que ele ia partir, devia ter sabido mais cedo e tomado decisões. Mas eu pensei que o ia ter sempre. E agora dei com o teu blog e o teu post. E pensei numa coisa. Se passado um ano ainda dou comigo de vez em quando a chorar por ele, é porque ele foi amado, e é isso que interessa. Hoje não estás sozinha, menina. E se estás a sofrer assim é porque a tua avó foi amada também. Força! Um beijinho enorme no teu coração. (Ana)

Sapa Xixi disse...

infelizmente sei bem o que é. Tomamos o tempo como certo. Força!

menina lamparina disse...

Nada do que se diga nestes momentos muda o que sentimos. É por isso que prefiro não dizer nada e fico-me por um abraço apertado. Tenho a certeza de que a tua avó não te culpa por seres humana. Todos nós achamos que o tempo é infinito... Beijinho grande*

Vespinha disse...

Essa fotografia... :(

Helena Magalhães disse...

Também sei o que isso é. Força Pipoca!

PINTA ROXA disse...

Eu perdi a minha avó há 28 anos e ainda hoje ela me faz tanta falta e penso nela tantas vezes...Força neste momento tão dificil

O sotão da Ana disse...

A partida é sempre triste, mas o que deve ficar é a alegria de termos tido pessoas únicas na nossa vida.
Eu percebo a sua tristeza e partilho consigo o que escrevi para tentar aliviar a saudade.
http://o-sotao-da-ana.blogspot.pt/2008/08/minha-av-linda.html