sexta-feira, 21 de agosto de 2009

O que é que as MULHERES querem?




Esta deve ser uma das perguntas que mais vezes assola a mente masculina. Pois bem rapazes – nós nunca sabemos o que queremos. Tá dito, acabou-se o mistério. Agora, revelação feita, não pensem que têm a vida facilitada, bem pelo contrário. Vejamos:


1- Acabamos por nos cansar dos lamechas e românticos que rocem o peganhento. Tem graça uma ou outra frase, se dita no momento oportuno. Vamos adorar uma ou outra surpresa, mas se isso se tornar uma constante…é meio caminho andado para nos fartarmos de vocês.


2 - Não gostamos de machistas, nenhuma mulher com o mínimo de amor próprio vos vai achar graça. Sim, nas primeiras saídas à noite podem e devem abrir-nos a porta do carro, puxar a cadeira para nos sentarmos e até pagar a conta, mas depois de nos levarem para a cama umas quantas vezes podem deixar-se disso. Não somos bonecas, somos auto-suficientes e já nos sentávamos à mesa antes de vos conhecermos. Baralhados? Crescemos a ver filmes românticos repletos de actos de cavalheirismo protagonizados por galãs lindos de morrer. Sonhámos que um dia teríamos um desses momentos e aproveitamos a ilusão dos primeiros encontros para realizar-mos essas fantasias. Apenas isso, não há mais nenhum mistério.


3 - Queremos momentos de puro amor, mas nunca dispensaremos as noites tórridas de sexo escaldante, selvagem mesmo. Está no nosso instinto, tal como no vosso. Há homens que têm medo de nos puxar com força conta o peito, ou de nos atirar com paixão contra uma parede. Acham que somos de porcelana e que nos vamos partir aos bocados? Somos fortes e se não exagerarem sairemos todos ilesos sim? O amor e o desejo não se medem com o número de festas e carícias que nos façam na cara e cabelo durante o sexo, mede-se pelo pulsar dos corpos, pela vibração extenuante que causa um orgasmo, pela força com que os corpos se colam. Pela extravagância dos actos, pela luxúria causada pelas nossas pernas a segurarem-vos dentro de nós. Pelo toque forte e carregado dos vossos dedos a passarem nas nossas pernas, pela destreza da vossa língua do nosso peito. Os miminhos e festinhas ao de leve ficam para as noites que passaremos a ver televisão enroscados no sofá. Estamos entendidos?


4 - Dispensamos ser elogiadas de cinco em cinco minutos. Começa logo a soar a falso, ou a desespero. Um reparo simpático aqui e outro acolá tudo bem, as mulheres gostam de massagens ao ego, mas não se dêem logo à morte. É preferível repararem que mudámos de cor de cabelo do que repetirem até à exaustão “tens os olhos mais bonitos do mundo”. À segunda vez que o disserem já não terá qualquer efeito.


5 - Baby talk é dos maiores corta-tesão que há. Não nos chamem bebé, nem fofinha, nem linda, nem princesa, nem acabem todas as frases com “inho”. Português fofinho não obrigada. Acham mesmo que vamos querer fazer sexo tresloucado com um gajo que se vira e diz: “Amorzinho, queres que te faça um cházinho quentinho para te sentires melhorzinha?” (Na cama então é coisinha para serem abandonados a meio da cena) Quando vejo pessoas a falar assim com crianças acho que as estão a tratar como anormais, imaginem se for conversa com uma mulher adulta e bem resolvida…


6 - Não queremos saber o tamanho das pernas das vossas ex's, guardem isso para vocês sim? A certo tempo a curiosidade de “gaja” vai atacar e às tantas até vos vamos perguntar. Sejam espertos e dêem uma resposta que não vos comprometa.


7 - Não nos comparem à vossa mãe, em circunstância nenhuma. A vossa mãe pode cozinhar muito bem, passar-vos a roupa a ferro e tratar-vos com muito carinho, mas nós estaremos sempre em vantagem. Sabemos fazer isso tudo e ainda vos proporcionamos noites quentes salpicadas a orgasmos. A vossa mãe não!


8 - Deixem-se de conversas parvas que deveriam ter com os amigos e que acabam por trazer para casa. Não queremos saber a potência do motor do vosso carro. Nem que um gajo vos ultrapassou num xpto a 200 km/h. Estamo-nos nas tintas para os resultados dos vossos campeonatos de PES e jamais teremos curiosidade em saber se as mamas da secretária são de silicone. Esperem até estarem com os vossos “compadres” e falem disso apenas com eles.


9 - Queremos homens a sério mas nunca um parvo que anda à porrada a um anónimo que nos apalpe o cú na discoteca. Somos crescidinhas e sabemos defender-nos. É deplorável ver dois macacos à porrada por uma parvoíce ou por terem bebido demais. E, acima de tudo, porque não somos vossa propriedade…


10 - Ciúmes doentios fazem-nos fugir. Acho que aqui nem preciso explicar…mas no entanto, não finjam que não perceberam que alguém nos estava a “comer” com os olhos… Qb, okis darlings??? Apesar de nem sempre sabermos o que queremos, sabemos sempre o que não queremos…Bem, isto “dava pano para mangas” e acreditem ou não, tenho mais que fazer….fica para outro dia sim?

29 comentários:

Miss Complicações disse...

E está tudo dito...
Se bem que gosto que me chamem "bebé", mas só isso.. nada de "inhos".

"Apesar de nem sempre sabermos o que queremos, sabemos sempre o que não queremos…"
Nem mais… e se sabemos!!

"Acham que somos de porcelana e que nos vamos partir aos bocados?"
Se amanhã tiver com algumas nódoas negras... depois falamos... :)

Le Enfant Terrible disse...

Que as mulheres não sabem o que querem já nós sabiamos, agora saberão as mulheres o que os homens querem?

Menino do mar disse...

Esqueceste-te de uma... mas essa eu não digo, é segredo masculino... :))))

Beijo pipoquinha fofinha lindinha querdinha, queres um cházinho? :PPPPPPPPPPPPPPP

Anónimo disse...

O quinto ponto é espectacular!!!

Le enfant terrible escreveu e eu assino por baixo;)!

ps:Vocês são de uma complexidade(no geral) incrivel

P. disse...

o ponto 4 e o ponto 7... mais que apoiado! (os outros também, claro,mas estes em particular lol)

*

Saltos Altos Vermelhos disse...

LOLOLOL é assim mesmo Pipoca!!! Adorei e concordei com cada uma delas! Pipoca em grande, novamente!

S* disse...

Gostamos de HOMENS com atitude de HOMENS.

Meigos, fofos, queridos e romanticos... e selvagens, escaldantes e fortes lá mais na intimidade. Nesses momentos até nos podem puxar os cabelos, nao nos importamos.

"Inhos" são irritantes. Já dirty talk é muito bom.

Summer disse...

Às vezes nem nós sabemos o que queremos...mas sim, o que não quero, sei-o bem!!

S calhar às xs somos muito exigentes...digo eu *

beijooo*

Andreia Sampaio disse...

Muito bem dito, sim senhora!
Às vezes tanto se querem esforçar para fazer boa figura que acabam por fazer a figura mais ridícula do mundo...
Muitas vezes mais valia mostrarem como são exactamente e nós decidiamos logo se queriamos continuar a aventura da relação ou se queriamos po-los logo mete-los numa caixa e envia-los para a China :D

Ultima Thule disse...

Rezumindo...as mulheres gostam de um homem imaginário... nada de novo...

Eu acho que é o tipico:

"procuram o querem, mas não sabem o que realmente precisam"

Acho muito bem esses pontos todos. Com a idade vão reduzindo, até que aceitam que a imperfeição faz parte da vida.

:P

S. disse...

bom, adorei o post... e concordo com tudo!!! ;)

***

Lilian disse...

Pura e simplesmente verdadeiro.
Não sabemos o que queremos, mas o que não queremos está na ponta da língua!

Se puder, passe pelo meu blog. Tem um prensentinho lá pra ti! : )
Um beijo!!!

Joaninha disse...

Ora então está tudo dito! Eu cá penso que os pontos tds estão um máximo, então a dos inhos ieca bah é muito ranhoso!

Beijinho*

Lua disse...

Que giro..pois o meu post de ontem foi sobre o mesmo tema...=)
Nós, mulheres, procuramos um homem perfeito..E os que encontramos,parece que não nos satisfazem..ou então tem sempre algo que não está bem...

Vanessa. disse...

Fantástico. Está tudo dito, assino por baixo :D

Vanita disse...

Tens um miminho no meu blogue! :)

Anónimo disse...

São mulheres, e é inato!!
Querem por razões biologicas encontrar o macho Alfa, que vai servir para procriar e defendaer de...
Só qundo bebem uns canecos é se desinibem;).

Feiticeira disse...

Onde assino?

O Profeta disse...

Não me queres dizer onde mora o teu sorriso
Ausente do incontido abraço
Ausente das palavras felizes
Envolto em nuvem escura no espaço

Não me queres dizer o rumo
Que leva ao teu terno coração
Não me queres abrir as portas
Da cor vibrante da paixão?


Bom domingo



Doce beijo

Debbie disse...

Bom, eu cá confesso que tenho curiosidade em perceber se as mamas da secretária são de silicone. Assim, se ele se distrair e soltar um elogio às ditas, eu remato logo um 'ah pois, com silicone também eu!'

Quanto ao ponto 8, eu ouço isso tudo quase diariamente. O que só vem confirmar que eu sou uma verdadeira santa! :D

▒▓█► JOTA ENE ® disse...

ººº
Muito bom o teu blog.

Recomendo vivamente o meu espaço, certamente vais gostar. (Pés y Sapatos)

., . - . - , _ , .
.) ` - . .> ' `(
/ . . . .` . .
|. . . . . |. . .|
. . . . ./ . ./
.. `=( /.=`
.... `-;`.-'
......`)( ... ,
....... || _.-'|
........|| _,/
........|| .*´¨)
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` *
Beijo enorme !!
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` **?*?


► Jota Ene ๏̯͡๏

Miss Kin disse...

A única coisa com que não concordo em tudo isso, é na parte do cavalheirismo, é preciso que nunca deixe de existir, não quero um gajo que nos 1ºs dates, me abra a porta e me deixe passar à frente, que me puxe a cadeira e que pague a conta, ou que no passeio não me deixe ir do lado dos carros, mas que depois deixe de fazer tudo isso. Peso, conta e medida! Posso ser bem resolvida, mas não abdico do cavalheirismo.

Suspiro do Norte disse...

Ora nem mais..

Se há coisa que não aguento, não aguento mesmo é lamechices..nada mesmo..

Sorte que o gajo ca de casa não tem nada disso..

Abigail disse...

ADOREI!!!

pedro disse...

Estás quase lá...quase...

Pipoca disse...

Le Enfant Terrible,

Sabemos sim, mas não nos damos assim por vencidas. Era facilitar-vos a vida e passarmos por patetas demasiadas vezes. Prometo colocar isto em Post.

pamat disse...

Pipoca o peter é o pamat não sei como apareceu peter mas ok:):S

Pedro Bom disse...

Bem... com esta descrição, és a mulher dos meus sonhos!! Existes mesmo? :)
Não acredito é que sejas assim tão simplista, mas em geral gostei e apoio tudo o que dizes.

Osals disse...

Interessante, verdadeiro e nada simples. Muito complexo, complexissimo!! No entanto não posso deixar de reparar na presunção em cima de uns saltos altos… Acho triste escrever-se como se os homens e as mulheres jogassem em equipas separadas… Não jogam seguramente. E se estas opiniões tem muita factualidade, são facil e igualmente criadas umas tantas para os "homens". Esses bichos que vieram de outro planeta, a muitas galáxias de distância…
Enquanto estas opiniões se mantiverem (entre géneros), vão certamente existir cisões desnecessárias e fora de qualquer propósito…
O que de alguma forma me agrada é olhar para a data em que isto foi escrito. Já passaram dois anos, já deves (ou devias) pensar de forma diferente.