sábado, 6 de fevereiro de 2010

Encontrei-te no fundo de um copo de vodka com limão



Encontrei-te no fundo de um copo de vodka limão.
Depois de meses segura de que nem existias, meses depois da confiança e do orgulho de que te tinhas ido embora. Meses depois, anos depois, uma década, encontrei-te no fundo de um copo de vodka limão. Fitei-te e logo desviei o olhar. Não era suposto estares ali, à espera de uma oportunidade para me assaltares o olhar, a consciência. No fundo de um copo de vodka? Eu que pensava que estavas empoeirada no fundo de uma gaveta.
Depois de um copo novo, com fundo preenchido, cubos de gelo a mais, uma meia rodela de limão, vi-te espelhada nos olhos dele. Mas como é que foste aí parar? Ignorei-te, tu já não existes, eu matei-te, bem o sei. Já te matei há alguns anos, não tive sequer piedade por ti, nem pelos anos que viveste em mim. Matei-te de um só golpe no dia em que ousei sentir orgulho. Foi um dos dias mais libertadores a que assisti, sem desviar o olhar, desta vez eu à tua procura. Sim, nesse dia estavas no fundo da gaveta.
A música começou a berrar, incomodou-me, afectou-me a àrea de broca, fiquei bloqueada, era o que se chama de afasia temporária. Ninguém deu por conta. Asseguro-te. Ninguém percebeu que te vi no fundo de um copo onde uma vez estiveram vodka, sumo de limão, cubos de gelo e meia rodela de limão.
Bebi o resto da vodka, a segunda, terceira, e olhei para o fundo do copo. Pus-me à prova. Desafiei-me, desafiei-te. Não estavas lá. Ainda bem. Não te quero encontrar no fundo de um copo de vodka com limão, quero saber que estás guardada, empoeirada, inerte, no fundo daquela gaveta.

25 comentários:

LiliMinete disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
ritt @ disse...

adorei !

Summer disse...

Clap Clao Clap!!!

S* disse...

Fantástico querida... fantástico.

Síndrome dos Trinta disse...

Muito bom! :)

lilyMineth disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
LilyQuemSabes disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Miss Complicações disse...

WTF Girllllll....
Esse já morreu ao tempo. Mau como era o mais provável era encontra-lo num fundo de um copo de vinho carrascão.

Pipoca dos Saltos Altos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ALOT disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Satine disse...

É que é dos melhores que já li aqui.. fantástico :)

LilyMineth disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Pipoca dos Saltos Altos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
LilyMineth disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Mak, o Mau disse...

Eu já me encontrei no fundo de um tacho de arroz de pato, por isso acredito em tudo. E posso até dizer que com uns baguitos de arroz na testa fico até mais favorecido.

Uma vez também me revi na palma de umas mãos. Mas isso foi porque a chapada foi tão forte, que até ficou com a cara em carimbo...

Branquinha disse...

Espero que não voltes a encontra-la e nenhum outro copo, com nenhuma outra bebida, deixa-a mesmo ficar arrumadinha lá na gaveta!!!

Besito!

Pipoca dos Saltos Altos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
LilyMineth disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Rosa Cueca disse...

há coisas das quais não podemos fugir..

ALOT disse...

Isto tá bonito, sim senhor...

LilyMineth disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
francis disse...

até me assustei, tanto podia ser eu de um lado como do outro...oh diabo.

joana disse...

E quem fala assim não é gaga! Belo texto.

PS- Anda por aí muita gente desocupada ou mesmo tolinha...MEDO!

Feiticeira disse...

a vodka com limão é muito 1999... esse é o problema!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.