terça-feira, 4 de maio de 2010

Há dias...

...em que me apetecia mandar tudo às urtigas e dedicar-me à agricultura. Até tenho terrenos e tudo. Podia cultivar milho, produzir vinho, plantar batatas etc.
Depois lembro-me do quanto tive que esgravatar para chegar até aqui e deixo-me ficar. Bem, vou começar por me dedicar a não ser a principal carrasca de mim mesma. A ver se resulta.

10 comentários:

Arame disse...

Desculpa a "invasao" mas tinha de comentar, é que hoje tambem estou assim, ou seja super feliz com esta vidinha laboral!

bRuno disse...

planta agriões isso é que está a dar

L'Enfant Terrible disse...

A "reforma agrária" tem o seu quê de cativante mas mesmo assim não me convence!

S* disse...

Hum pode ser que uma conversa de amigas resolva a coisa.

Vera disse...

Esquece a agricultura, não podias laborar de saltos e isso era uma valente treta.

Mak, o Mau disse...

Não se pode dizer que o resto é mato neste caso não é?

Duardinho disse...

Sempre que quiseres plantar batatas, uvas e afins podes sempre ir ao Facebook e ao Farmville!
LOL

Pipoca dos Saltos Altos disse...

@Arame,
Há dias assim...raios parta.

@bRuno,
Tenho que te ensinar tudo? Os agriões não precisam de ser plantados, aparecem sozinhos nas bermas doas riachos, é só colher.

@L'Enfant Terrible,
:) nem para a reforma?

@S*,
Já passou, era só neura.

@Vera,
Isso é bem verdade, já apaguei a ideia idiota da cabeça.

@Mak, não, neste caso não é mato. Mas também tenho pinhais, e esses têm mato. Vendo-te uns hectares, queres?

@Duardinho,
Nem penses, acho isso demasiado pateta...

Jibóia Cega disse...

Não tens é enxadão e carrinho de mão para as terras, não é? :P

Anónimo disse...

Quem fala assim não faz mesmo ideia da dureza da agricultura!!!