sexta-feira, 17 de setembro de 2010

No deserto das noites a que chamamos dias...

Olhas para mim e há uma luz que se agita no castanho curioso dos teus olhos. Não consigo identificar o que querem dizer esses tons de castanho que te dançam nos olhos. Pode ser que nada tenha a ver comigo, pode ser uma qualquer inquietude tua, uma que seja só tua. Mas sei que o castanho dos teus olhos se agita quando choca com o verde dos meus. A verdade é que não te sei ler os olhos.
No deserto das noites a que chamamos dias, daqueles que passam devagar, é-me fácil questionar a segurança do teu abraço. Nos silêncios perdidos entre olhares mais vagos, nas horas em que a cidade adormecida me deixa a ouvir-me demasiado alto, é-me fácil deixar que algumas das frases soltas me causem tremor. As palavras são como facas, podem abrir-nos ao meio. Os pensamentos ensaimados são o meu pior inimigo, sei-o demasiado bem. São quase sempre eles que me atiram para o trapézio onde por momentos me balanço, quando me quero pôr à prova.
Depois tu vens, tu e essa luz que se agita no castanho curioso dos teus olhos, e rasgas um sorriso que me amarra os olhos me e fixa os salpicos de verde ao castanho curioso dos teus.

17 comentários:

Maçã e Canela disse...

gosto quando escreves assim:)

tia a. disse...

e depois sou eu que estou apaixonada, não é sobrinha? :-) bjinhosss

Um gajo qualquer... disse...

Esta Pipoca é a que eu mais gosto de ler...

Muito bonito!


Beijinho

Segredo Cor de Rosa disse...

Pronto.
Derreto-me toda quando tu te soltas e escreves estas palavras. Fico sem jeito. Vejo-te a sorrir e a escrever, sabes?
É engraçado. Lindo e toca a perfeição este texto. És mesmo especial miúda. Nunca ponhas isso em causa.

Adoro-te por isso. Pelo que escreves e acima de tudo pelo que sentes. Aí dentro. Mesmo com receio e mesmo a balançar.
Mas tudo fica sempre bem no fim. Tu sabes.

Beijo

Ventania disse...

Este texto foi, provavelmente, o melhor que li esta semana, ou este mês, ou... (E se me fartei de ler!...)
Lindo. :)

Tita disse...

Muito bom.

F disse...

Adorei! Irei, certamente, seguir o teu blog para ler mais artigos como este :)

Petra Pink disse...

Oh pipoca tu estás mesmo apaixonada não estás?
adorei este texto! lindo.

Pedro M. disse...

Parece uma gay parade, este blog. Cambada de conichas. Não ganhes juízo miúda, que não é preciso.

PS: O Fifa 2011 e o Pes 2011 devem estar quase a ser lançados. Estes sentimentos que demonstras são muita bonitos. Emocionei-me com o texto. Ah, afinal era uma ramela a fazer comichão.

**

Prezado disse...

como isto vai.

Alex disse...

Mais uma vez, adorei!

Sofia disse...

Fabuloso, parabéns pelo texto e parabéns pelo blog :-)
Beijinhos,Sofia

Pipoca dos Saltos Altos disse...

@Maçã e Canela,
Thanks dear ;)

@Tia.a,
Conheces-me bem...tenho saudades tuas.

@Um Gajo Qualquer,
:)

@Segredo Cor de Rosa,
Estragas-me com tanto mimo...

@Ventania,
Um sincero obrigada... (estou aqui meio corada)

@Tita,
:)

@F,
Mi casa su casa

@Petra Pink,
Nota-se? Beijinho

@Pedro M,
Invejoso...bateste com o braço em algum lado? Dói? (quanto ao PES, acho que este ano não te safo, vou ver)

@Prezado,
Galeto? Esta semana?

@Alex,
;)

@Sofia,
Muito obrigada. Bjs

Sofia disse...

Que texto bonito oh pipoca. Gostei muito, e gostei muito de saber que há um castanho de uns olhos que te faz escrever estas coisas... ;)
(btw, parabéns por teres deixado de fumar, hang in there!)

fj disse...

Adoro quando as pessoas conseguem passar sentimentos através da escrita, adoro! e realmente a ler estas palavras parece que estamos a acompanhar a pipoca no seu belo momento :) parabéns

fi*

tia a. disse...

estou sempre por perto. matamos essas saudades qdo quiseres. bjinhos

Anónimo disse...

bom comeco