quinta-feira, 19 de março de 2009

És mesmo melhor do mundo!!!

És o melhor do mundo e sabes bem o papel que tens na minha vida. É a ti que vou buscar um sorriso quando o meu se perde.
Arranquei-te uma parte ao sair de casa com 17 anos para vir estudar para tão longe, enervei-te quando fui expulsa da escola, fiz-te passar da cabeça quando decidi ir viver com um gajo que mal conhecias, mas apoiaste-me sempre.
Nunca tentaste que eu não batesse com a cabeça, nunca me proibiste de nada, porque querias que eu aprendesse as coisas à minha custa. Algumas custaram, outras eram mesmo escusadas, mas sim aprendi.
Nunca tivemos uma relação normal, somos companheiros, somos cúmplices nas traquinices que fazemos à mãe, somos uma equipa a esgotar o licor Beirão dos casórios da família, somos imbatíveis a jogar matrecos e confidentes quando temos a certeza que ninguém nos ouve.
És o cool que aos 7 anos me pôs a ouvir Creedence Clearwater Revival e me garantia que os Onda Choque eram pirosos. És o chato que me obriga, pelo menos uma vez por ano, a passar no gira discos todos os teus vinis, e são centenas!!!
Foste sempre o primeiro a dizer "levanta o narizinho e segue em frente, a vida continua", limpaste-me as lágrimas sempre que precisei, empurraste-me para o desconhecido sempre que me faltou a coragem.
És sempre o primeiro homem a dar-me um elogio sobre a roupa ou o cabelo, ainda que com o típico discurso "tu não precisas de maquilhagem, és bonita".
Por tudo o que já passámos e por tudo o que ainda está para vir: Amo-te pai!

8 comentários:

Anónimo disse...

sem duvida a mensagem que eu gostaria de transmitir ao meu se ainda tivesse neste mundo
adorei este post..
parabens
passo aqui sempre que posso
e adoro
1 beijo da fatima -agua na fervura

Sophie disse...

:) bonito texto

Sem Jeito disse...

que bonito!! que relação espectacular com o teu pai!

Pátuá disse...

Lindo...
beijinhos

Tweety disse...

Super querido. Beijos****

inv3rs0 disse...

...e isso é apenas 1% do que na realidade, essa relação vale.

Mr. Z disse...

bem, este post...

Cookie disse...

Um grande beijinho com uma lágrima a espreitar nos meus olhos, cheio de saudades dessa cumplicidade que também eu sentia, embora de um modo "só nosso" e diferente do vosso, com o meu companheiro de sempre, que infelizmente já não acompanha fisicamente os meus passos!
Aproveita!!!
M.